Café faz mal a saúde?

terça-feira, dezembro 01, 2015 2 Comentários



Os mitos que surgem referentes ao consumo do café e sua cafeína faz com que as pessoas gerem dúvidas em suas cabeças  ao tomar ou não tomar café.  O café é a segunda bebida mais consumida em todo o mundo, superada apenas pela a água e a cafeína é um dos compostos mais estudados. Afinal! A cafeína faz mal a nossa saúde?

1. Tomar café faz mal a saúde.

MITO: Tomar café numa regularidade de 3-4 xícaras diárias faz parte de uma saudável e equilibrada dieta. Para a maioria dos adultos saudáveis não causa efeito adversos e sim, traz benefícios terapêuticos.

2. Tomar café aumenta o risco de doença cardiovascular.

MITO: Os problemas cardiovasculares (doenças e ataques cardíacos, arritmia ou hipertensão) não estão associados ao a cafeína. Pelo contrário, de acordo com vários estudos sugerem que o consumo moderado de café pode ajudar a reduzir este tipo de doença.

3. Grávidas não devem tomar café.

MITO: As grávidas podem sim tomar café, porém, o recomendado é que as gestantes limitem a dose diária de cafeína para 200-300mg/dia. Segundo essas orientações o consumo diário seria de duas xícaras (80-100mg) e assim a futura mamãe pode tomar tranquilamente seu cafezinho.

4. Beber café aumenta o desempenho na prática esportiva.

FATO: Muitos estudos mostram que a cafeína é um grande ergogênico nutricional, ou seja, aumenta a capacidade e resistência ao praticar exercícios de alta intensidade e curta duração.

5. Café desidrata.

MITO: O café contribui para a ingestão diária de líquidos, e contribui para que o ser humano não perda fluídos corporais na qual não leva uma pessoa a ficar desidratada.

6. O café ajuda na concentração e no sentimento de alerta.

FATO: Porções de 75mg de cafeína são o suficiente para aumentar a atenção e o estado de alerta. Os efeitos estimulantes são observados entre 15 – 45 minutos após o consumo e normalmente duram cerca de quatro horas.

7. O consumo de café vicia.

MITO:A cafeína não é nenhuma droga como muitas pessoas dizem, a remoção da cafeína do cardápio do dia pode levar as pessoas a sentirem sintomas temporários de abstinência e dor de cabeça, que podem ser evitados por uma redução gradual da ingestão da cafeína. Apesar dos sintomas a cafeína não leva ao vício, o corte do café no dia-a-dia de uma pessoa pode sim a ter sintomas, mas nada como o tempo para normalizar tudo novamente.

8. O café afeta o sono.

FATO: Mas isso não acontece com todas as pessoas, geralmente acontece especialmente para aquelas que são sensíveis a cafeína. Ao tomar uma xícara de café ao fim do dia ou a noite acaba afetando o tempo necessário para uma pessoa adormecer.

9. Descafeinado é mais saudável que café.

MITO: O Descafeinado é apenas uma porção para aqueles que possuem sensibilidade à cafeína e que têm dificuldades para dormir. Resumindo, uma cafeína mais suave.

10. Uma ou duas xícaras de café é o recomendado por dia.


MITO: Com exceção das grávidas  e pessoas com sensibilidade a cafeína, o consumo médio diário pode ser entre 3-4 xícaras.

Esperamos ter tirado algumas dúvidas sobre o café, vale salientar que conforme novos estudos aparecem essas informações podem sofrer alterações a respeito de seus benefícios e malefícios.  

Este artigo foi redigido com base no boletim de Dezembro de 2011 do ISIC – The Institute of Scientific Information on Coffee, e do site http://www.curiosidades.pt/


2 comentários:

  1. Gostaria, que alguma alma nobre me explicasse, como um DEMÔNIO passa a SANTO, num curto espaço de tempo. Médicos e afins demonizavam o uso café, agora, como num passe de mágica, santificam o dito cujo. É de arrancar os pelos das bolas !!!!!!

    ResponderExcluir